Prepare-se para os desafios da gestão de incidentes com o GAT

Os desafios da gestão de incidentes de segurança da informação (SI) estão sempre na pauta das discussões entre os profissionais de TI e segurança. Para cada organização, existe uma melhor estratégia e as soluções utilizadas para enfrentar os desafios da gestão de incidentes devem atender as especificidades de cada negócio, identificando as relações entre os seus diversos setores, a tecnologia em uso, assim como as necessidades futuras em razão do crescimento da empresa.

Uma plataforma de gestão e resposta a incidentes de segurança é projetada especificamente para oferecer a capacidade de planejar, gerenciar e rastrear sua resposta a incidentes, a partir de recursos analíticos e de relatórios que permitem implantar estratégias de priorização, coordenando as ações necessárias para prevenir e remediar ameaças. Esses recursos analíticos incluem inteligência de ameaças e o contexto organizacional.

Além da tecnologia

Mas os desafios da gestão de incidentes de segurança da informação vão além da tecnologia. É preciso contar com o apoio do nível C da organização que, sem levar em conta o CIO e o líder de segurança, pode não ser muito familiarizado com termos e estratégias de segurança da TI. Eles querem saber de eficiência, redução de custo, produtividade e investimentos. Por isso, é importante apresentar fatos que comprovem a necessidade de investir em soluções de proteção.

E também temos pessoas. Contar com recursos que possuam as capacidades e habilidades necessárias para enfrentar todos os desafios da gestão de incidentes não é tarefa fácil – além de dificilmente uma pessoa reunir toda a expertise necessária, o seu valor homem-hora é muito alto.

Como o GAT aprimora as operações de segurança

Uma plataforma de SOAR (Security Operations, Analytics and Reporting), como o GAT, automatiza e customiza operações para enfrentar os desafios da gestão de incidentes de segurança da informação. Algumas tecnologias, como a SIEM (Security Information and Event Management) são eficientes para mostrar eventos em tempo real, mas não oferecem a capacidade de avaliar o real grau de exposição do ambiente de TI, obrigando a equipe de segurança a reunir manualmente dados de diversas fontes para ter uma visão 360º. do estado da segurança.

Analisar eventos e detectar incidentes são tarefas importantes, claro, mas que devem levar a uma resposta. Dados sobre o estado do ambiente de TI muitas vezes são mais importantes do que os de um evento, já que fornecem o contexto de negócio que irá priorizar as operações de segurança.

Conheça algumas das vantagens de contar com uma plataforma integrada para a gestão de vulnerabilidades.

  • Acabar com a complexidade de lidar com soluções de diversos fornecedores, integrando todas as soluções em uma plataforma única
  • Avaliar a postura de risco dos ativos relacionando vulnerabilidades, configurações e outros dados ao contexto do negócio, aplicando cenários de modelagem de risco
  • Priorizar atividades das operações de segurança, otimizando as equipes em função do contexto organizacional
  • Formalizar processos e políticas de resposta a incidentes e remediação de vulnerabilidades
  • Automatizar fluxos de segurança, capacidade extremamente importante principalmente em grandes organizações, que contam com diversos sistemas legados e exigências de conformidade variadas
  • Integrar dados de fontes diversas, o que permite criar um perfil de postura de risco mais completo
  • Automatizar alertas em tempo real e reduzir a superfície de ataque e tempo de resposta

Como está a Segurança Digital da sua empresa?

Converse com nossos especialistas.